Como Montar um Programa de Estudo Diário?


  • 17/05/2016
  • 649 Visualizações

Como Montar um Programa de Estudo Diário?
"Aprenda a aplicar ferramentas de produtividade para gerar resultados nos seus estudos de música."

A palavra produtividade está cada vez mais presente na nossa rotina, estudamos, trabalhamos, assim como precisamos de tempo para lazer e descanso. Mas como conciliar todas as nossas atividades diárias com a nossa vida virtual, familiar, escolar e até mesmo profissional?

 

A grande verdade é que o tempo ficou cada vez mais precioso e se não prestarmos atenção, o tempo passa e nada construtivo foi feito. 

Pensando nesse problema comum a todos, resolvemos colocar algumas ferramentas que podem fazer diferença na hora de estudar música. Alguns chamam esse recurso de "PED" (Programa de Estudo Diário), outros apenas de Cronograma de Estudo, a questão é que essas ferramentas podem fazer a diferença na hora de estudar um instrumento.

 

Cronograma de Estudo

 

Organize um espaço para seu estudo diário, esse local pode ter apenas uma cadeira e uma mesa para apoiar os livros e apostilas, ou ser um completo estúdio de gravação com computadores e monitores de referência. O importante é que seja um local agradável e proporcione conforto, pois você passará boa parte de seu tempo nesse espaço.

 

Assim como na escola onde temos as matérias de matemática, português, história, podemos escolher várias matérias para estudar música, mas a escolha deve considerar o nível de cada músico. Veja algumas opções:

 

- Técnica

- Escalas de forma geral ou específicas 

- Harmônia

- Leitura de partitura

- Teoria

- Improvisação

- Arpejos

- Repertório

- Tirar músicas

 

Cada matéria não deve passar de 30 minutos do seu estudo, pois após esse tempo, nosso cérebro se cansa e deixa de absorver informações importantes para a aprendizagem. Reserve 5 a 10 minutos de intervalo e siga para outra matéria. 

Se seu objetivo é ser um profissional, estude no mínimo uma hora e meia por dia. Se a sua idéia for tocar por hobby (lazer), meia hora por dia gera um resultado satisfatório.  

 

Organize uma planilha, ou use aplicativos como o www.trello.com para definir a ordem dos estudos (veja no final da matéria um exemplo de cronograma de estudo usando o Trello). Se uma matéria for mais importante, coloque-a mais vezes no cronograma.

Veja um exemplo exemplo simples de Cronograma de Estudo:

 

Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado
Técnica Leitura Escala Maior Técnica Leitura Escala Maior
Penta m7 Teoria Repertório Penta m7 Teoria Repertório
Harmonia Improvisação Tirar Música Harmônia Improvisação Tirar Música

 

Técnica:

Faça os exercícios de independência dos dedos usando as figuras rítmicas: semínima, colcheia, tercina e semicolcheia.

Combinações cromáticas em todas as series, usando as figuras rítmicas acima.

Salto de cordas, horizontalizando os exercícios no braço. Sweep, tapping, palhaçada híbrida e alternada. Tudo isso com o uso do metrônomo.

 

Penta m7:

Desenhos da Penta m7 usando figuras rítmicas, ligação dos desenhos na horizontal e vertical, padrões na penta, ciclos de intervalos.

 

Harmônia:

Acordes e suas variações (M, m, 7, 7M, 9, 4, b5…), CAGED em todas as regiões, ciclos de intervalos, cadencias modais, vamps, campo harmônico maior, menor, drop 2, drop 3…

 

Leitura:

Leitura ritmica, melódica.

 

Teoria:

Teoria Elementar, Intervalos, formação de acordes.

 

Improvisação:

Usando a Penta m7 em todas as regiões, todos desenhos e todas tonalidades, usando ciclos, pontos de bend, criação de frases, modulação e alteração de frases, improviso sobre os arpejos, usando a escala maior sobre o CAGED, três notas por corda ou usando a tônica como referência. 

 

Escala Maior:

Desenhos da escala maior usando figuras rítmicas, ligação dos desenhos na horizontal e vertical, padrões, ciclos de intervalos.

 

Repertório:

Tocar, relembrar e organizar as músicas que mais gosta, ou que toca na sua banda.

 

Tirar Música:

Músicas novas conforme seu gosto ou da sua banda.

 

 

Aquecimento

 

Lembre-se sempre de fazer um aquecimento antes de começar seus estudos, isso pode ajudar no desempenho e evita lesões por esforço repetitivo.

 

 

 

Não conhece alguns desses exercícios? Fique ligado no nosso blog para ficar por dentro deste e vários outros assuntos.

 

Bons bends e até a próxima!


Galeria

Como Montar um Programa de Estudo Diário?

Comentários